anunciar prosperarte

Corte---------------------------------------------------------R$15 Escova e Prancha----------------------------------------R$20 Hidratação Keratase a partir de----------------------R$15 Luzes,mecha,balayagem a partir de----------------R$40 sombrancelha pinça-------------------------------------R$7 sombrancelha henna------------------------------------R$15 limpeza de pele-------------------------------------------R$30 Mega hair a partir de------------------------------------R$130 Progressiva------------------------------------------------R$60 Rua Piquiri,309,Brás de Pina-próx.Fundação Leão XIII,Rio de Janeiro,RJ tel:3564 03 15 81254010 anuncie aqui: 21 7680 7170

Friday, December 23, 2011

VIVA JESUS! ABAIXO O PAPAI NOEL!




video


Otávio Leal fala sobre preocupações vãs, educação dos filhos e deseja a todos nós um FELIZ NATAL!

Wednesday, November 16, 2011

Educação no século XXI




video


Luara fala sobre educação no século XXI


another blink in the wall Pink Floyd

Tuesday, October 25, 2011

Simplicidade-Áudio de Marcello Cotrim



video

Monday, October 17, 2011

A mente (por Luiz Gasparetto)
As diferenças entre o que vem da mente (coletiva) e o que vem do espírito



video

Friday, September 23, 2011


video


não adie nada!


Otávio Leal

Tuesday, September 20, 2011

dependência e independência emocional;Carlos Florêncio fala a respeito


video

Thursday, September 15, 2011

Fertilidade,ouvidos,Braços, esporão calcâneo,seborréia,Pancreas, hernias( de disco, ou de hiato)


video

Monday, September 12, 2011

Monday, September 05, 2011

Luara fala sobre o conceito de redes (relacionamentos)
SOMOS TODOS UM



video

Saturday, August 27, 2011





video


Comportamento Urbano,busca pela felicidade e mudanças.
Irineu fala sobre sua viagem à Itália

Wednesday, August 17, 2011

É possível diminuir o abismo entre pais e filhos?
(do livro 10 respostas que vão mudar sua vida-Pe.Reginaldo Manzotti)


Amizades,limites,drogas,sexo,distinção entre o certo e o errado são algumas das principais preocupações quando o assunto é relacionamento entre pais e filhos.De fato,educar não é uma tarefa simples.Mas mãe,pai,tranquilize seu coração,pois um dia Jesus também foi criança e adolescente e certamente,"deu muito trabalho" a José e Maria.Como todos nós,Ele também precisou ser formado e lapidado,porque isso faz parte do crescimento.(...)

Trago o tema da adolescência à luz dessa experiência da Sagrada Famíliapara que você busque aproximar-se de seu filho,saber com quem e por onde anda,evitando que se perca nos caminhos tortuosos na vida.Criança,adolescente ou jovem,não importa a idade,esteja sempre ao lado de seu filho,ainda que diferentemente de Jesus,ele ou ela ande por lugares que você não aprove.
O texto de São Paulo aos Efésios nos diz:"Filhos,obedecei a vossos pais segundo o Senhor;porque isso é justo.O primeiro mandamento acompanhado de uma promessa é: 'Honra teu pai e tua mãe para que sejas feliz e tenhas longa vida sobre a terra'(Dt 5,16) Pais,não exaspereis vossos filhos.Pelo contrário,cria-os na educação e doutrina do Senhor"(Ef 6,1-4)

Recebo desabafos de pais que dizem:"Padre,não sei mais como lidar com meu filho,não conseguimos dialogar!"
Na verdade,a existência desse abismo entre pais e filhos é inevitável porque faz parte do "choque de gerações",aquilo que torna a formação,os assuntos e os interesses de cada indivíduo muitos diferentes. A tecnologia é um exemplo típico.Enquanto os pais lutam para parender a mexer no celular,ps filhos já são os "reis" dos sites de relacionamento como orkut,twitter,Facebook;enquanto os "coroas" têm que se virar para lidar com o mouse, com o controle da TV e do som,os jovens já estão a kilômetros de distância,verdadeiros "ratos de internet".
Seus mundos giram em órbitas distantes uma da outra: os filhos escutam " rock pauleira";os pais ainda são da Jovem Guarda.Daí a dificuldade de encontrar pontos em comum e facilitar a convivência.
Então,que os mundos são diferentes não podemos negar,mas não precisam ser opostos.Em outras palavras,o abismo existe,mas não podemos permitir que ele aumente e ,se possivel temos de lutar para diminuí-lo,afinal,pais e filhos foram chamados a viverem juntos.

Monday, August 08, 2011

Está fazendo concurso público? Fica nervoso(a) em provas?
Escrever sobre angústias favorece desempenho em provas
Algumas pessoas têm mais dificuldade em armazenar novas informações e costumam ficar nervosas em avaliações escolares.Estudar fazendo resumos do conteúdo lido ou ouvido e,pouco antes da prova,escrever a respeito das causas de sua angústia são técnicas que podem acelerar a aprendizagem e acalmar a ansiedade.
É o que sugerem dois artigos publicados na revista science.Em um deles,psicólogos da Universidade de Chicago solicitaram que universitários escrevessem por dez minutos sobre suas ideias e angústias antes de realizar um teste.Os cientistas comprovaram que os estudantes que passaram por esse processo obtiveram melhores resultados no exame.Os autores do estudo acreditam que a técnica bastante simples,pode ser usada para lidar com situações de pressão que exijam respostas mentais rápidas.
Em outra pesquisa,psicólogos da Universidade Purdue,em Indiana,orientaram universitários a ler pequenos textos de ciências e,em seguida,escrever,por 20 minutos,sobre o conteúdo aprendido.Os voluntários foram convidados a realizar uma prova uma semana depois.Observou-se que o desempenho deles 50% melhor que aqueles que haviam estudado escrevendo esquemas,método que relaciona palavras e conceitos.

Tuesday, August 02, 2011

A ansiedade é contagiosa


O que pra uns é motivo de desespero pode nem perturbar os outros.Porém,alguns estudos mostram que,em situações de crise,a ansiedade parece ser "contagiosa".O zoólogo David Eilam,da universidadede tel aviv,em Israel,mediu como grupos de ratos silvestres respondiam a ameaças produzidas por corujas-de-igreja,seu principal predador.Esses roedores foram escolhidos porque,assim como os humanos,costumam demonstrar comportamentos ansiosos em variados níveis:uma minoria,o demonstra em excesso,e outros quase não o expressam.
O experimento foi dividido em duas etapas:primeiro as aves voaram sobre gaiolas ocupadas por apenas um roedor,enquanto os pesquisadores registravam o nível de ansiedade de cada um deles.
Em seguida,os ratos que tiveram diferentes resultados na medição foram colocados na mesma gaiola e expostos às corujas.Observou-se,quando estavam sozinhos,o nervosismo aumentava em níveis dentro do esperado para o padrão pré determinado de comportamento.Porém,quando estavam em grupo,todos os animais ficaram igualmente ansiosos e estressados.
"A variabilidade que havia no início diminuiu,e todo o grupo se comportou praticamente da mesma forma",relatou Eilam.O pesquisador acredita que,durante uma situação crítica,o estado emocional de cada indivíduo pode influir no dos demais-um comportamento semelhante ao apresentado por humanos.

( da revista mente & cérebro)

Wednesday, July 27, 2011

QUESTIONE-SE!
Por Quito e Paulo Pio
Julgamos ter as respostas definitivas para todas as questões do universo,fechando-nos em nosso próprio mundinho...


Tudo na natureza vive em constante movimento e mutação.A evolução das formas e dos seres é intrincada e complexa. Nossa realidade e a maneira com que enxergamos as coisas mudam a cada nova descoberta,a cada novo conhecimento adquirido,a cada horizonte desbravado pela nossa inteligência.Vivemos com "certeza" em um mundo de "incertezas".Onde nada é certo,nada é errado,tudo é relativo.No entanto,às vezes julgamos ter as respostas definitivas para todas as questões do universo.Fechamo-nos em nossos julgamentos e decidimos revogar a lei do progresso,uma lei de Deus.Em nosso orgulho,julgamo-nos infalíveis e senhores das verdades eternas.
Chico Xavier disse,certa vez:"Os espíritos que se julgam donos da verdade,as vezes ,permanecem nessa fixação mental por muitos séculos...Não há violência;o despertar espiritual não acontece por nenhuma espécie de constrangimento."
Neste profundo e misterioso universo,uma infinita e pequeníssima "partícula de poeira cósmica" está em direção do desconhecido.Dentro dela,neste momento,viajam entre 5 e 6 bilhões de seres humanos.Quito Formiga,Paulo Pio e você fazemos parte desses passageiros que nasceram durante a viagem do planeta;viagem que começou há cerca de 5 bilhões de anos e que ninguém sabe quanto tempo vai durar e nem onde vai dar.
Aqui,nesse "planetinha",não dominamos os ventos,não dominamos as chuvas,não dominamos as condições climáticas,nem as enchentes,não conhecemos todas as possibilidades do solo,sabemos muito pouco o que há no profundo dos mares e ainda não podemos prever o que acontecerá com as devastações florestais e explosões atômicas até agora acontecidas no planeta...Neste pequeno espaço de 12.757 Km de diâmetro há uma longa história vivida por mais de 100 bilhões de seres humanos que se calcula,já respiraram desses ares deste planeta,e já experimentaram a aventura de viver.Estão todos "mortos"!
sobramos nós,que não somos nem 6 bilhões e que dentro de 80 anos,estaremos também quase todos mortos...

Você está no caminho certo rumo à sua evolução?Quais são os seus objetivos na vida? Como você define a felicidade na sua vida?
Diante de verdades tão "absolutas",de dados tão incomensuráveis,diante de tão poucas certezas e de insondáveis dúvidas,só nos resta reconhecer bondade e perfeição infinita da inteligência suprema e causa primária de todas as coisas e questionar constantemente,nossos valores e atitudes mantendo sempre a mente aberta para as mudanças...

Texto de Quito Formiga (vereador pela cidade de São Paulo)

retirado da revista cristã de espiritismo

Wednesday, July 20, 2011

Comunicação, prosperidade e espiritualidade
(Audio de Marcelo Cotrim)




video

Friday, July 15, 2011


video


Walter Sandro motiva você ( sobre relacionamentos) no poder do arcanjo Miguel

Tuesday, July 12, 2011


video


Audio Cristina Cairo falando sobre a formação das doenças,corpos etéricos e foto Kirlian

Sunday, July 10, 2011

Para melhorar o AUTOCONTROLE

*Procure saber riscos e consequências negativas de longo prazo do comportamento indesejável(fumar,manter-se sedentário,comer alimentos gordurosos etc...)

*Aumente seu comprometimento falando sobre suas metas aos seus amigos,por exemplo;as palavras tornam os pensamentos mais "concretos" ( desde que sejam metas de disciplina,nas quais as pessoas podem ajudá-lo a se lembrar e cumprí-las,não de objetivos materiais.neste caso,diga apenas para si mesmo mentalmente,até que a meta seja construída completamente)

*Transforme objetivos abstratos abrangentes em passos intermediários (por exemplo,se quer perder 5 kg proponha-se a eliminar 1 nos próximos dez dias,por exemplo)

*Reconheça e comemore sucessos,ainda que parciais

*Formule resoluções do tipo:" se isso acontecer então faço tal coisa"para se protefer de situações críticas.

*Mude impulsos aprendendo a associar a mera visão de tentações a estímulos negativos.

*Identifique situações que imponham risco e quando se sentir mais vulnerável,evite-as.

*Planeje pausas e períodos de relaxamento para evitar o esgotamento dos recursos mentais.

(da revista Mente & cérebro ano XVIII n°222

Friday, July 08, 2011

Autocontrole pra fazer boas escolhas

caipirinha,refrigerante ou água?Uma fatia de abacaxi ou banana split?
Comprar sem necessidade ou guardar?
Dois sistemas de processamento de informação lutam no cérebro:o impulso de recompensa imediata e a razão,que persegue objetivos de longo prazo.Entender como decidimos ajuda a controlar esses mecanismos e empenhar força de vontade para atingir metas.

Sigmund Freud acreditava que comportamentos em geral resultavam de conflitos internos.Tomando por base essa idéia,pesquisadores começaram a a atribuir o autocontrole(ou à sua falta) o resultado de uma batalha entre impulsos e capacidade de reflexão.Esses modelos duais são bastante diretos,por exemplo,associamos lanchonete a coxinha,ou feira a pastel.Esse aspecto do "eu" esquadrinha o ambiente pra obter estímulos muito agradáveis.A força dos desejos varia de pessoa pra pessoa e de uma situação para outra.Traços de personalidade (gostar de correr riscos,por exemplo) necessidades momentâneas(estar ou não com fome),experiências prévias(seus pais lhe ofereciam chocolate como recompensa?)influenciam a intensidade dos impulsos.Por outro lado o pensamento reflexivo leva ao raciocínio e ao planejamento que entram em cena toda vez que alguém estabelece uma meta a longo prazo,como perder peso,por exemplo.
Comparada ao impulso,a reflexão implica grande consumo de tempo e memória,mas fornece uma boa medida do controle que temos de nossas ações.A imagem clássica de um anjinho cochichando em um ouvido e um diabinho cochichando no outro se aplica muito bem ao que os pesquisadores descobriram:os 2 sistemas competem pelo controle de nossa resposta a alguma demanda.o "vencedor" é o que for mais ativado.Como é mais fácil ignorar um impulso fraco que um forte ( tente ir ao supermercado com fome,certamente colocará no carrinho alimentos dos quais talvez nem goste muito)Também é mais fácil comprometer o sistema racional se se ele reconhcer claramente comportamentos indesejáveis.Sua potencialidade depende,entre outros fatores,do comprometimento das pessoas,isto é,se elas se identificam fortemente com o seus objetivos a longo prazo e se essas metas são mantidas na memória de trabalho( formada por informações armazenadas para completar propósitos mais imediatos).
Pesquisas feitas com crianças americanas,na década de 70,mostram que são capazes de resistir a pequenas recompensas imediatas (como um doce por exemplo)em troca de outra maior mais tarde.Entre outras coisas eles descobriram que as crianças estavam mais aptas a retardar a premiação,isto é, desistir da recompensa menor e esperarpor outra melhor quando a guloseima estava escondida.Manter o doce fora do contato visual era suficiente para refrear os impulsos dos estudantes.Mas o autocontrole nem sempre é fácil como neste caso.Esforço mental,estresse e efeitos do alcool podem diminuir a capacidade de adultos resistirem a uma tentação.



(por Wihelm Holfmann e Malte Friese revista Mente & cérebro ano XVIII n°222)

Wednesday, July 06, 2011

Dieta e personalidade


características pessoais interferem na hora de emagrecer;otimismo e confiança em excesso podem prejudicar a luta contra a balança


(editorial da revista mente e cérebro)







Uma das coisas que a prática clínica nos ensina-e também a experiência,para os mais atentos-é que raramente há algo bom ou ruim em essência.


Quase tudo depende do contextoe das circunstâncias.Do mesmo jeito que um ataque de raiva pode ser libertador e estabelecer limites,uma carícia será agressiva se for invasiva não consensual.Quando se tratar de eliminar alguns quilos e obter um estilo de vida mais saudável,um pouco de culpa(que em outras situações seria um tormento)costuma ajudar a evitar deslizes como burlar regras do regime e fugir dos exercícios físicos.Com a obesidade aumentando em todo o planeta e tornando-se um problema de saúde pública,vários pesquizadores têm buscado entender em nossas crenças e a forma de nos relacionar com as pessoas ,com o nosso corpo e nossos desejos influem na maneira como nos alimentamos.O psiquiatra Robert Cloninger,da universidade de Washington,é categórico:a personalidade é o mais forte-e constantemente desprezado-fator de previsão de sucesso na perda de peso.


Às vezes,atitudes que parecem positivas estão,na verdade,a serviço de mecanismos de autosabotagem.Em um estudo desenvolvido na universidade Doshisha,no Japão,por exemplo,cientistas examinaram características psicológicas de 101 pacientes obesos participantes de um programa de emagrecimento e descobriram que os voluntários de pontuação alta em otimismo tinham menor probabilidade de eliminar os quilos indesejados.O motivo?


Em excesso,a "síndrome de Poliana" pode levar a pessoa a subeestimar os riscos de desenvolver doenças e fazer com que pense que com certeza ficará bem,independentemente de seu comportamento.A psicóloga Hitomi Saito,coordenadora da pesquisa,acredita que o otimismo funciona como negação da realidade,contribuindo para boicotar bons propósitos.Segundo ela,a atitude pode ser uma de rebeldia nem sempre consciente.


A capacidade de fazer boas escolhas também é fundamental para o sucesso da dieta.


Dispomos de dois sistemas de processamento de informação que disputam o controle de nossas respostas à tentação:o impulso de recompensa imediata ( que visa apenas a satisfação do prazer) e a razão ,que persegue objetivos de longo prazo.No fundo,o que queremos mesmo é obter prazer:seja o de ter um corpo mais ágil e saudável ou da alegria de nos deliciar com uma

Tuesday, June 28, 2011

Ioga e qualidade de vida
(Carlos Legal)

A palavra Ioga ( em sanscrito) significa integrar.Não é uma prática simplesmente física e exótica,como muitos pensam.É um método educativo para a vida.Que busca integrar os 3 corpos;
Físico,psíquico e mental.
Dentro de toda a estrutura da ioga você tem alguma coisa que fala de ética.
Princípios éticos como:
*a não violência
*a verdade
*não apropriar-se do que não é teu
*o controle dos teus impulsos
*não gerar necessidade de coisas que você não precisa
Segundo o ioga,estes são princípios éticos,que uma pessoa que se identifica com a prática,vai agir com as pessoas e com a sociedade dentro destes princípios
Todo mundo quando pensa em ioga,pensa nos exercícios,na respiração etc...Mas nunca se pensa numa sabedoria,num ensinamento...
Nós ocidentais valorizamos o material,em detrimento do espiritual.Temos uma visão muito pragmática da vida.O Butão,e países da Ásia,onde se tem uma cultura orientada pelo budismo,pelo ioga,ou outras tradições,se tem uma relação diferente com a natureza e com as pessoas.
Não violência,significa;não gerar qualquer tipo de dor ou sofrimento à qualquer ser

Ghandi pautou todo o seu trabalho,nesses 2 princípios;da verdade,e da não-violência

Além disso a prática do ioga (exercícios de respiração)melhora a atenção e concentração (ideal para os estudos,concursos etc...)
A mente é como um músculo,ela precisa ser treinada para aumentar a sua funcionalidade.
Outro aspecto que o ioga trabalha é;
desenvolver uma espectativa apropriada com relação aos resultados que você quer obter.
Hoje,o grande mal moderno,é a ansiedade,espectativa que as pessoas têm em alcançar algumas coisas.

Ainda existe muito preconceito com a meditação.Por acreditarem ser uma espécie de religião,algo esotérico etc...A meditação é um exercício mental!
A prática meditativa existe em várias culturas,mas na cultura oriental elas foram preservadas.
Também existe meditação na tradição cristã( ao contrário do que muita gente pensa)

A neurociência hoje,têm feito estudos bastante amplos,e existe colaboração entre monges e cientistas,pra compreender o funcionamento do cérebro e da mente.

Muita gente acha que meditar é ficar parado,é ficar ocioso...e alegam não ter tempo pra meditar;com a vida corrida que levamos hoje em dia.

Quanto tempo é necessário pra meditar? É possível meditar fazendo outra coisa?
Existem 2 tipos de meditação.Formal e informal.Informal é quando você realiza qualquer atividade do seu cotidiano e coloca uma qualidade de atenção diferente nessa atividade.Você potencializa a qualidade de atenção.Então você pode fazer uma caminhada,tomar um banho...fazer uma refeição num estado de atenção plena,com uma qualidade diferenciada.
Isso vai ter um efeito no cérebro.
Por exemplo,olhar para o prato,para as cores da comida...sentir o cheiro,sentir a comida passando pela boca...como se fosse um ritual realmente
Isso é um exercício de atenção plena muito simples que as pessoas podem fazer com qualquer refeição.
Uma das coisas que se observa em empresas,por exemplo,é o re trabalho
o retrabalho normalmente acontece,por falta de atenção na primeira vez que a pessoa faz a tarefa.
E não significa que precise se fazer muito devagar.
Esse modelo de vida que nós levamos nos centros urbanos,que passa por cima das nossas necessidades enquanto seres humanos é um modelo falido.
As pessoas estão estressadas e infelizes.
Todo mundo está precisando se renovar...

Monday, June 27, 2011

Inteligência emocional financeira
(Baseado em programação neurolinguística/couching e outras tecnologias por Plínio de Souza)

Inteligência emocional financeira é a capacidade que o sujeito tem de lidar com o dinheiro de maneira saudável,de modo a lhe gerar qualidade de vida no momento presente e também segurança financeira.
Ter inteligência financeira,significa você,não só saber como funciona o dinheiro,sabendo investir o seu dinheiro,mas também (principalmente) ter coerência comportamental. Ter comportamentos que façam com que você viva sua qualidade de vida,com cada vez mais prosperidade,segurança financeira,cuidando do presente e também cuidando do futuro.
Investir na qualidade de vida presente,você faz quando gasta.Todo dinheiro que você gasta no presente,é dinheiro sendo investido na sua vida no presente.Dinheiro que você guarda e aplica é dinheiro sendo investido na sua qualidade de vida futura.
O que é o ideal? as duas coisas.
Viver plenamente o presente,porém de maneira organizada,conseguindo também juntar dinheiro pro futuro.Fazendo com que esse dinheiro se multiplique em rendimentos inteligentes,de modo que você possa a médio prazo,a longo prazo,ter liberdade financeira.
Ter liberdade financeira significa que você fez bem feita a lição de casa;
separou uma verba todo mês e investiu com inteligência à longo prazo,de modo a conseguir a sua liberdade financeira.
Liberdade financeira é não precisar trabalhar por dinheiro.Ter o dinheiro atuando,trabalhando por você...Investido;seja em imóveis,seja em ações,em títulos públicos...enfim...
Seu dinheiro está lá atuando,ajudando as empresas a crescerem,ajudando o país crescer (quando investido em títulos públicos,que vão ajudar o país a realizar suas obras)
Ou seja,você já conseguiu um montante suficiente,que está atuando e você recebe por isso.
Então inteligência financeira é conseguir fazer isso de maneira saudável,sem sofrer no processo de construção dessa realidade,com prazer e com leveza ao longo da vida!

" Ah...mas isso não é coisa só pra gente rica?" NÃO!ISSO É MITO!
"Ah...mas esse negócio de juntar dinheiro...o dinheiro me falta!"

Se te falta dinheiro,é porque você não se organiza muito bem financeiramente.Tudo é questão de organização.
Se você ganha R$1.000 reais por mês, você vai precisar se organizar com essa renda que você tem.
E do ponto de vista da inteligência emocional financeira, você vai precisar ter uma qualidade de vida adequada a isso que você ganha? NÃO! O ideal é ter uma qualidade de vida um pouquinho abaixo daquilo que você ganha.
Ou seja, se você ganha R$1.000 por mês, tenha uma qualidade de vida de R$900
Junte R$100 todo mês

Se você ganha R$10.000 tenha uma qualidade de vida de R$9.000

Junte um valor considerável pra que no futuro você consiga ter,essa mesma renda que você tem, ou até maior,sem precisar trabalhar por dinheiro.
Você pode trabalhar por prazer,desafio,sentimento de contribuição...Mas não porque precisa.Você não é mais escravo dessa condição.Você já tem o dinheiro trabalhando por você.
Desde que você aprenda como fazer,e desde que você tenha permissão interna.
Programações emocionais,comportamentais,crenças favoráveis à essa realidade,que vão sustentar comportamentos e sentimentos coerentes com o projeto de criação dessa realidade.
Pouco importa se você ganha 1.000 reais, se ganha 10.000 se ganha 30.000 ou se ganha um salário mínimo.O mais importante é a sua organização.O seu gerenciamento financeiro.
Se você não se gerencia bem, e fica devendo todo mês com um salário de R$1.000, quem te garante que vai se gerenciar bem com um salário de R$10.000?
Se você quer ter prosperidade, uma vida financeira saudável,aprenda a se administrar com aquilo que você tem.
Faça todas as anotações, escreva tudo o que você gasta todos os dias.
No final do mês,faça um balanço,quanto gastou na área da saúde,na área do lazer,na área da alimentação,moradia,transporte,educação.
Depois tenha lá uma idéia de onde você pode enxugar,sem grandes sofrimentos,onde você pode reduzir,de modo a ter uma verba para investimento.
Essa verba não é sobra! Porque se for sobra,não vai sobrar...sempre tem coisas pra gastar!
A verba é uma conta que você paga.
Chegou todo mês o seu salário,você tira primeiro aquele valor.É uma das primeiras contas que você paga.
É O SEU PAGAMENTO PRA CONSTRUÇÃO DO SEU FUTURO MELHOR!
Do seu novo patamar,nesta vida ainda, e pros seus descendentes,que é a possibilidade de viver no seu futuro a liberdade financeira.
Esse dinheiro você vai investir,não pensando em comprar uma casa,um carro...NÃO
Você tem pensar em se organizar pra ter dinheiro pra isso também com o dinheiro investido em outro lugar.
Agora o dinheiro pra ter a sua liberdade financeira é sagrado.Ele vai pra aquela conta,ou pra aqueles investimentos qdo você aprende,de modo à longo prazo,você adquirir o que você quer.
Hoje em dia,com R$100 por mês,Em 20 anos, você pode ter 1 milhão de reais investido.
Imagine se for mil reais investido,se for 3 mil reais por mês...
Muito antes disso você tem...Depende de quanto você consegue investir e aplicar ,aonde você investe e como você investe,o quanto você diversifica,e o quanto você entende de investimentos,e qual o melhor momento de vender estes papéis,melhor momento de comprar aqueles outros...de vender aquelas outras ações, melhor momento de editar em títulos públicos,ou de ter uma parte na poupança...

E pra isso é preciso que você tenha dinheiro pra investir,e tenha conhecimento.
É preciso entender esse mercado!
E trabalhar toda a parte comportamental psicológica,e toda a parte educacional mesmo,propriamente dita,dos investimentos,diretamente,você aprendendo a fazer sozinho (você sozinho sem dividir o lucro com nenhuma instituição financeira) em títulos públicos e aprendendo a investir em ações,analisar... e fazendo parte de clubes de investimento,montando seu próprio clube,ou fazendo parte de outros clubes,onde você se reune 1 vez por mês,e nessa reunião mensal,as pessoas avaliam,trazem os resultados das pesquizas que fizeram ao longo dos meses,e decidem pra onde vai o montante arrecadado daquele mês.
Então é um processo de bastante troca de experiências,Você não fica sozinho na selva perigosa sendo um novato.Não você está ali com várias pessoas de vários níveis de conhecimento,trocando experiências e aprendendo e crescendo cada vez mais.
Maiores informações sobre cursos no site:
www.apicedesenvolve.com.br
Voltando à inteligência emocional financeira,muita gente se sabota financeiramente, seu próprio crescimento,a possibilidade de mudança de patamar e continua sempre naquele mesmo patamar repetitivo.Chegou num patamar,ele não sai dali...Porque que isso acontece?
Primeiro porque,a fruta nunca cai muito longe da árvore.É muito comum a pessoa começar a se sabotar se ela percebe que começa a ir um pouquinho além,ou um pouco além demais da sua origem;dos seus pais,dos seus amigos...é como se ela fosse perder um lugar no sistema de origem,ela se sente estranha,sente que é um estranho no ninho se ela está numa realidade que é muito distante da realidade da sua família de origem,então é muito comum as pessoas se sabotarem inconscientemente e dizerem: " ah não...aqui tá bom!" E aí ela não se gera possibilidades muito distantes.
Uma outra questão,que faz com que as pessoas,por exemplo,não consigam juntar dinheiro e crescer é a questão de precisar impressionar com status.Então,muita gente com baixa autoestima,procuram compensar a baixa autoestima com status, com carrão,com roupas caras,ou com uma casa cara ... e nesse processo...o incrível é que a pessoa acaba gastando muito até com coisas que ela não precisa,gastando o dinheiro que ela não tem,e pra impressionar pessoas que ela nem gosta e nesse processo ela acaba perdendo muito dinheiro.Porque o dinheiro investido em roupa,o dinheiro investido em carro é dinheiro queimado...carro desvaloriza muito rapidamente,roupa não tem valor de venda.Então é fato,um desamor, um descuidado com o dinheiro.É usar o dinheiro pra tapar buraco!Pra satisfazer uma necessidade emocional.Então a pessoa ao invez de ser,e confiar no seu ser,e ter uma autoestima e confiar nos seus potenciais,suas características pessoais,ela precisa se defender pelo ter,então ela precisa ter pra mostrar que é alguma coisa.Esse tipo de auto sabotagem pode ser trabalhada com técnicas rápidas de mudança comportamental,como a programação neurolinguística.
Um outro aspecto que se encontra muito em pessoas,mesmo ganhando bem,não conseguem evoluir financeiramente,são pessoas que precisam se presentear.Que precisam se dar coisas.São até meio compulsivas pra gastar,precisa se dar...Ela sente satisfação,acalento quando compra algum presentinho pra ela.Comum encontrar pessoas assim!
Comum encontrar,o seguinte padrão nessas pessoas: memórias no inconsciente dessas pessoas de quando faltou.Então pessoa que passou pela ausência de recurso,na infãncia ou adolescência ou excesso de controle financeiro dos pais,por medo pode produzir na criança e no pré adolescente a necessidade de ter e a decisão inconsciente de ganhar dinheiro pra se dar as coisas.E aí essa pessoa no seu primeiro salário lá na adolescência ela já compra um monte de coisa pra ela,e as vezes isso continua ao longo da vida,passando décadas sem conseguir juntar dinheiro,o dinheiro que entra ela torra.
Se dar presentes é muito bom,É investir na qualidade de vida no momento presente!É uma maravilha! Mas a pessoa que faz isso por necessidade,ela já tem,e se dá mais ( pessoas que compram o que não precisam,já tem vários sapatos,e compra mais um...pra quê?)ela já tem um carro bom,aí quer trocar...e com isso vai queimando dinheiro.Pra ter aquela satisfação momentãnea e que depois passa.
Então é comum encontrar a programação da falta nessas pessoas.E tem gente que sente a falta ganhando muito dinheiro; tipo,50 mil por mês...um empresário,ou mesmo um profissional...mas se sente pobre,acaba precisando gastar mais do que tem.
Então é preciso acabar com essas programações.

Monday, June 20, 2011

Dicas pra quem está procurando emprego

observo muito as pessoas que comentam comigo,que estão procurando emprego e me ocorrem muitas conclusões e aprendo muitas coisas também que vou compartilhar aqui:

*otimismo e motivação:
Conversando um amigo que está procurando emprego,ele me dizia: " Quando dizem que vão me ligar,eu já sei que não vão ligar..."
Eu falei: "Poxa...vc já está com esse pensamento?Talvez eles liguem sim...e no caso de uma empresa na qual você foi entrevistado não retornar a ligação,pra te dar uma resposta,Nada impede que você ,que está pretendendo a vaga,ligue para a empresa pra saber a resposta da empresa;se a vaga é sua ou não..."
Eu vejo que muita gente que está procurando emprego,já está com autoestima baixa, e já criam uma energia super desfavorável,o que acaba criando um círculo vicioso.

*Autoconhecimento e objetividade:
Não há bons ventos nem bons rumos pra quem não sabe onde quer chegar.Muita gente que procura emprego,está naquela postura de desespero.Tipo assim: " eu quero qualquer coisa...contanto que me pague etc..."
Claro,que quando existe uma urgência da pessoa se manter,se sustentar é impressindível e aconselhável inclusive,que a pessoa aceite qualquer trabalho.Inclusive é bom!Porque já estando no circuito do trabalho,conhecendo pessoas...em atividade remunerada,fica muito mais fácil se conduzir à uma atividade com a qual você se identifique verdadeiramente.
É fundamental ,para ser um excelente profissional e prosperar inclusive financeiramente, é fazer o que se gosta.O que se sabe fazer desde sempre...e se faz com muito amor e dedicação.
Então é preciso saber o que se gosta,suas habilidades,suas "deficiencias"(coisas nas quais vc não é tão bom) para que vc escolha uma função na qual vc possa explorar suas habilidades, de forma a trazer progresso pra você e para a empresa que te contrata.

Saturday, June 18, 2011



Como investir em ações:



(Passo a passo)







As bolsas têm como uma de suas funções oferecer condições para a realização do investimento em ações.Para investir,o primeiro passo é procurar uma corretora ou distribuidora,instituição financeira com acesso aos sistemas de negociação da bolsa.O site: www.bmfbovespa.com.br



apresenta a lista completa das instituições habilitadas pela Bolsa.







O segundo passo é fazer um cadastro na instituição escolhida.Fundamentalmente,é a prestação de informações pessoais e patrimoniais,como qualquer ficha de abertura de conta corrente bancária.



Realizado o cadastro,a corretora determinará um limite para que o investidor realize suas compras,baseado nas informações sobre renda e patrimônio prestadas.A partir daí,o investidor poderá realizar suas operações e receberá instruções sobre como enviar ordens e liquidar seus negócios.

As corretoras desempenham papel fundamental no mercado de ações.Elas fazem o contato com os investidores e prestam as informações necessárias para orientar as decisões de investimento,além,é claro,de oferecer os meios.

Os custos para investir no mercado de ações são os seguintes:

*Taxa de Corretagem:
valor cobrado pelas corretoras pelo acesso ao mercado.Pode ser uma porcentagem do valor do negócio ou pode ser um valor fixo.Não há uma regra sobre isso,cada corretora pratica sua política de preços;

*Taxa de custódia:cobrada pela corretora pelo serviço de custódia(guarda das ações-falaremos disso mais adiante);

*Emolumentos:taxas cobradas pela Bolsa para negociação e liquidação de negócios;

*Imposto de Renda sobre Ganhos de Capital:a alíquotas de imposto de renda é de 15%sobre os ganhos;caso o investidor venda menos de R$20.000,00 durante o mês,ele fica isento.O recolhimento do imposto é de responsabilidade do investidor e deverá ser realizado por meio do preenchimento de uma DARF no mês seguinte à apuração do ganho.
A escolha da corretora deve levar em conta os servições prestados e os valores cobrados de corretagem e custódia.Há corretoras que,além do acesso ao mercado,fornecem assessoria completa ao investidor,incluindo análises sobre o comportamento do mercado,principais setores econômicos e companhias listadas,bem como recomendações de investimento.
Outras corretoras mantêm estruturas organizacionais mais enxutas e oferecem basicamente acesso ao mercado.Logo,os custos cobrados são diferentes,cabendo ao investidor ponderar qual tipo de serviço quer ter da corretora e quanto está disposto a pagar por isso.
Para facilitar o acesso ao mercado acionário,a maior parte das corretoras adota sistemas de conexão automatizada via web com seus investidores.Esses sistemas chamam-se home broker e foram customizados pelas corretoras a partir de padrões técnicos definidos pela BM&FBOVESPA.

Wednesday, June 15, 2011

Abertura de capital



e Financiamento Empresarial







Muitos de nós já pensamos, em algum momento da vida, em abrir um negócio ou já fomos convidados para ser sócios de um.Além do trabalho e do nosso talento,sabemos que qualquer empreendimento precisa de capital,ou seja,um montante de recursos destinados à aquisição de mercadorias,equipamentos e para o pagamento de salários.As empresas têm muitas formas de obter recursos.O diagrama abaixo resume essas formas de financiamento das empresas:





A estrutura de financiamento é particular de cada empresa.Depende do setor em que se atua,do seu relacionamento com clientes e fornecedores,da sua capacidade de obtenção de empréstimos mediante garantias apresentadas aos bancos e, principalmente,da geração de caixa,ou seja,do quanto a empresa gera de recursos próprios durante sua operação.
Os recursos dos sócios são chamados recursos próprios .Nas pequenas e médias empresas,o capital investido em geral vem dos próprios empreendedores ou das famílias.No máximo,conseguem recursos com sócios capitalistas,geralmente conhecidos dos empreendedores.Nesse caso,a expansão da empresa fica dependente da geração de caixa e da acumulação de lucros.
A empresa pode se organizar sob a forma de cotas,ou seja,sociedade limitada aos seus sócios cotistas,que são solidários com a empresa perante credores,ou como sociedade por ações,que pode emitir ações e cujos sócios têm sua responsabilidade limitada ao capital investido.De forma bem simplificada,ação é um pedaço da empresa.
Adquirindo pedaços da empresa,você se torna sócio dela-um acionista.

As sociedades por ações (S.As) podem ser empresas de capital fechado,em que os títulos emitidos por elas não podem ser oferecidos publicamente,ou companhias de capital aberto,aquelas que têm seus títulos oferecidos ao público.Vamos explicar um pouco melhor.
Se alguém o convida para abrir um negócio,certamente você irá firmar um contrato que estabeleça a participação e a responsabilidade de cada parte.Porém,em uma última instância,você assume que conhece seu sócio e que conhece os riscos de participar do negócio.Há uma relação entre você e seu sócio.Não é o caso de uuma empresa que decide lançar ações ou outros títulos no mercado.
No Brasil,o nome "empresa pública" está associado a controle estatal.Em inglês,o termo "public company" representa o que aqui chamamos de companhia aberta ( que capta recursos do público em geral).
Numa empresa de capital fechado,seja uma sociedade limitada ou uma S.A de capital fechado,as relações dos sócios são estabelecidas em contrato entre partes.A informações que os administradores devem fornecer aos sócios estão estabelecidas nesse contrato.Já quando uma empresa decide captar recursos do público,deve cumprir uma série de exigências impostas pela legislação.

Essas exigências incluem,entre outras coisas,a publicação periódica de informações financeiras,auditorias independentes nas demonstrações contábeis e na prestação pública de informações que possam afetar o desempenho da empresa.As informações financeiras são compostas de indicadores econômico-financeiros das empresas,demonstrações financeiras e fluxo de caixa,dentre outras.Adicionalmente,as principais decisões da empresa passam a ser tomadas por um Conselho de Administração,que tem representantes dos acionistas em número proporcional à sua participação acionária.
Outra exigência é a realização de assembleias de acionistas para a decisão sobre pagamentos de dividendos (dividendo é a parcela do lucro obtido pela empresa à qual o acionistas tem direito)ou eventos importantes,como aquisição de outras empresas,fusão,venda ou dissolução da sociedade.
Exigências como essas limitam o poder de decisão dos antigos donos da empresa,quando for o caso,mesmo que permaneçam com ações suficientes para exercer o controle da companhia,isto é,detenham mais de 50% do capital volante e possam nomear a maioria dos membros do conselho de administração.Mesmo assim, existem boas razões para uma empresa abrir seu capital


POR QUE ABRIR CAPITAL?


*Capitação de recursos para investimentos


*Imagem institucional


*reestruturação de passivos


*Novo relacionamento com funcionários


*Arranjos societários


*Profissionalização


*Liquidez Patrimonial


a captação de novos recursos é a principal motivação para uma companhia abrir seu capital.Porém,as vantagens não se resumem a isso.Oferecer liquidez patrimonial aos sócios tem sido,nos últimos anos,tão importante quanto a captação de recursos.Abrir o capital é uma oportunidade para os sócios de uma empresa reaverem o capital investido multiplicado.Outras razões também são importantes.A imagem da empresa perante seu público e sistema financeiro é positivamente influenciada.A abertura de capital leva à profissionalização da companhia e permite,muitas vezes,a solução de conflitos de sucessão entre herdeiros.


A troca de dívidas por participação acionária ocorre também algumas vezes,facilitando a reestruturação dos passivos da empresa.Finalmente,em alguns países,a distribuição de ações é uma forma de manter funcionários qualificados.


Para abrir o capital,uma empresa necessita de uma instituição financeira para atuar como distribuidor,que promove o contato com os investidores.Essa instituição pode ser um banco de investimentos,uma corretora ou distribuidora de valores.São instituições autorizadas pela CVM para atuar nesse segmento.O distribuidor atua também como consultor da empresa durante todo o processo de abertura de capital.


A abertura de capital implica a emissão de valores mobiliários e sua venda ao público.Os valores mobiliários podem ser títulos representativos do capital da empresa-ações-ou títulos de dívida,como debêntures e notas promissórias.Em qualquer um dos casos,a empresa deve publicar prospecto,que é um documento de apresentação ao público,contendo:


*histórico


*produtos


*mercado em que atua


*currículo dos administradores


*demonstrações contábeis auditadas


e o mais importante:


*Fatores de risco que afetam a empresa.


Como o público investidor não é necessáriamente,especialista no setor em que a empresa atua,ela deve deixar claro quais são os riscos do negócio.


Vale ressaltar que a omissão deliberada de informações no prospecto é considerada fraude e a instituição financeira é o co-responsável pelas informações prestaas pela empresa.Por isso,antes de publicar o prospecto,o "underwriter"realiza a chamada "due diligence",que é a verificação minunciosa das condições da empresa,seus passivos e potenciais de perda,como passivos trabalhistas não contabilizados,por exemplo.Dessa forma,evita-se que o prospecto minimize os riscos para os investidores e eleve artificialmente o preço das ações.


O prospecto é uma parte da documentação legal entregue pela empresa e pelo distribuidor à CVM para a obtenção do registro de companhia aberta e do registro de emissão.Essa documentação é analisada pela CVM,que pode exigir alterações caso considere que o prospecto não contém informações suficientes para a escolha consciente do investidor.Concedido o registro,é publicado em jornais,sites e outros meios um anúncio que informa o início da venda das ações.


Quando se trata de uma colocação de ações,o processo envolve também a bolsa de valores onde essas ações serão negociadas.A bolsa analisa a documentação e pode fazer exigências adicionais para aceitar a listagem de uma empresa.É o caso da BM&BOVESPA e seus segmentos especiais de listagem:Novo mercado,Nível 2 e Nível 1.O intuito dessa classificação é incentivar boas práticas de governança corporativas nas empresas e agregar mais transparência na divulgação das informações-o que,para o investidor,é um benefício.


As ações podem ser de dois tipos:ações ornárias(ON),que oferecem direito de voto aos seus detentores,e ações preferenciais(PN),que não concedem direito de voto e sim preferência na distribuição de dividendos.Pela legislação brasileira atual,as empresas podem emitir no máximo 50% das ações sem direito a voto.


Saturday, June 11, 2011

problema das drogas

As campanhas (oficiais mesmo,dos governos) anti-drogas andam meio desaparecidas das mídias.O que é de se admirar com o crescimento cada vez maior do consumo e inclusive o aparecimento de substâncias cada vez mais nocivas.
Não que esse tipo de campanha seja necessariamente eficiente ( talvez seja esse o motivo de ter desaparecido).
E na maioria das vezes, não foi mesmo eficiente para os jovens,nem pra ninguém,por não abordarem a essência da questão.Por talvez,não aprofundarem o assunto.
Tudo o que se sabe fazer, é falar o óbvio, o que todo mundo já sabe: que droga é ruim, que é uma péssima escolha que um jovem pode fazer,etc...
Isso quando não condenam os viciados,quando não existe um preconceito (muitas vezes,até injusto,tendo em vista uma sociedade hipócrita onde o álcool,o cigarro, os programas de violência na televisão,são aceitos socialmente e até incentivados)
Do que não se fala é;por quê uma pessoa usa drogas?
Por que alguns,nunca se aproximam, têm asco a qualquer tipo de substância tóxica ao corpo, enquanto outros começam a se interessar pelas mesmas,a ponto de se envolverem e se tornarem prisioneiros dessas?
A droga funciona como um "tylenol",uma "novalgina" social,emocional e espiritual!
E como todo analgésico,que serve pra aliviar a dor (que sinaliza que algo não vai bem) encobre os sintomas de uma causa que vai aumentando cada vez mais, tornando-se um círculo ( não conscidentemente chamado "vicioso")que muitas vezes, parece sem fim ( o que é FALSO!Pode e deve ter fim,de preferência numa encarnação só)

É inegável, que a droga provoca um prazer momentâneo,físico ( o que,é ignorado pelas campanhas) e que pode ser tranquilamente substituído por outras práticas (como a meditação,a música, esportes)que trazem as mesmas sensações ( muitas vezes até melhor) sem provocar os prejuízos ao corpo e a sociedade que causam as drogas.
Mas a falta dessa educação, do conhecimento disso,nossa ignorância a respeito da nossa mente, e de nossas emoções,ainda não nos leva próximo da sociedade saudável,pacífica e feliz que sonhamos!
O caminho da libertação de qualquer vício, é o autoconhecimento!

Friday, June 10, 2011

Como melhorar o dia a dia e mudar o mundo?


Nós vivemos um mundo de reclamões!No mercado,no banco, no trânsito...até em locais que a gente vai pra se divertir,como teatro,shows...A grande maioria das pessoas só sabe reclamar ( de uma maneira ineficiente, não reclamações consistentes,apresentando soluções pra promover melhorias)
se queixar!
Se fizermos uma enquete,sobre o que as pessoas querem pro mundo,elas vão dizer que querem PAZ!!! Mas será mesmo?
Será que a gente quer paz,será que a gente promove a paz no nosso dia a dia?
Muitos de nós confundimos firmeza,justiça,com agressividade,brutalidade...Pensando que ser pacífico,tranquilo é ser bobo,passivo.Quando na verdade, pra promover qualquer melhoria é fundamental estar em paz;com a certeza do espírito em si!Ainda que numa atitude muito ativa.
Se a gente ligar a TV,a gente vê uma série de pessoas combatendo a violência ( é o que eles dizem) mas como fazem isso? COM VIOLÊNCIA!Querem combater a violência com violência.
Martelando nossas mentes com tudo o que queremos eliminar das nossas cidades,do nosso país e do nosso mundo!
Até as soluções,que muitos apresentam,as vezes são violentas...
O que podemos fazer diante de tudo isso, é manter-nos em paz!!!
E aí,qdo vc começar a trabalhar isso em si mesmo,o que mais vc vai ver diante de você é : reclamações,agressividade,por toda parte...
Você vai ver realmente,o mundo que vc vive, e o como vc era...
até este momento.Experimente fazer isso.Eliminar qualquer tipo de agressão do comportamento(seja agressão verbal,agressão física ou mental)
E mantendo-se no oposto dessas posturas,na verdade do coração,naquilo que esperam de melhor,das pessoas e do mundo;você estará promovendo grandes transformações onde vive!O dia é hoje...a partir de agora!


Thursday, June 09, 2011

O sucesso e a vida familiar
(por Professor Katsumi Tokuhisa)

Há quem se surpreenda quando ouve falar,pela primeira vez que os negócios têm relação com a vida familiar.Isso porque,normalmente,a maioria das pessoas pensa que os negócios e a vida familiar não têm nenhuma relação.
O subconsciente do ser humano é algo terrível,pois é comum encontrar uma esposa que,apesar de dizer sempre q deseja a prosperidade dos negócios do marido, no subconsciente,pensa o contrário.

Uma senhora,de cerda de uns 40 anos,esposa de um diretor-presidente de uma empresa,contou-me que,qdo o empreendimento do marido parecia estar dando certo,acabava fracassando,e isso vinha-se repetindo.Então,essa senhora me disse,lamentando,que a empresa do marido estava fazendo de tudo para recobrar o dinheiro emprestado.Ouvindo o que dizia essa senhora,dava a impressão de que desejava a todo custo que o marido tivesse êxito.

Entretanto,enquanto eu a ouvia,descobri que,em seu subconsciente,ela não estava desejando q o marido tivesse sucesso.Como esse casal não vivia em harmonia,caso a empresa funcionasse bem,teria mais dinheiropara se divertir com outras mulheres,abandonando o lar.Porém,se fracassasse nos negócios,ele não teria mais dinheiro para se divertir com outras mulherese retornaria para o seu lar.Ela me confessou isso.No âmago da sua mente,javia o seguinte pensamento:"Se meu marido obtiver sucesso nos negócios e tiver dinheiro,se divertirá com outras mulheres.Portanto,se fracassar nos negócios e ficar pobre,ele ficará sempre perto de mim.Ou seja, voltará para o seu lar,era melhor que ele fracassasse nos seus negócios,ela desejava o fracasso dele.
Eu lhe disse que seria melhor não ter no subconsciente o desejo de que o marido fracassasse nos negócios e a orientei para se reconciliar com ele,falando sobre a harmonia no lar pregada pela seicho-no-ie.Assim, ao harmonizar-se com o marido,do fundo do coração,e conseguir a harmonia familiar,ele teve muito sucesso nos seus negócios e prosperou muito.
Dessa maneira,o marido não consegue ser bem sucedido se a esposa, que é a sua cara-metade,deseja o fracasso dos seus negócios.Se,além disso,o marido continuar sendo desdenhado pela esposaem relação À sua competência financeira,na mente dele ocorrerá uma autolimitação de que não possui competência financeira,fazendo com que tenha complexo de inferioridade,e isso se refletirá grandemente nos seus empreendimentos.
Apesar de receber elogios de diversas pessoas,se continuar sendo menosprezado no lar pela sua cara-metade,a amada esposa,o marido acabará perdendo a autoconfiança.Embora tenha capacidade,quando perde a autoconfiança,a pessoa não consegue revelar totalmente a sua competência.Portanto,mesmo que o marido fracasse algumas vezes nos negócios,a esposa deve tratá-lo com amor,dizendo-lhe palavras que o incentivam, como "você terá sucesso com certeza!Você tem capacidade para triunfar!" Assim,ele se sentirá encorajado e conseguirá ter sucesso.
Para ter sucesso nos negócios,um homem não deve pensar somente na sua atuação no local de trabalho.É necessário procurar ser um bom marido no seu lar,de modo que seja respeitado,amado e incentivado pela esposa.O caminho que conduz à prosperidade nos negócios é o marido e a esposa construírem juntos um bom lar e levarem uma vida harmoniosa.

Tuesday, June 07, 2011

A lente dos seus óculos
De que forma você prefere enxergar a vida?
( texto de Luiz Gasparetto)

" Ela enxerga a vida através de óculos cor de rosa". Você já ouviu essa expressão?
Pois outro dia estava chegando pra dar uma palestra e ouvi 2 amigas, que batiam um papo,se referindo assim a uma conhecida delas.O mais curioso é que elas falavam de uma forma crítica, repreendendo a tal amiga q preferiu os óculos de cor suave aos q dão um tom mais escuro à vida.
Fiquei pesando quais atitudes da tal amiga,fizeram com q as outras dissessem tal coisa sobre ela.Certamente ela estava sendo repreendida por enxergar a vida de uma forma muito diferente das outras.Comecei a palestra,mas não parei de pensar:as formas de enxergar um mesmo fato ou realidade são mesmo mto diversas...
Vou dar um exemplo.Imagine uma paisagem que esteja à nossa frente,pronta pra ser fotografada.Um rápido olhar sobre ela nos permite observar uma série de elementos:flores coloridas,um pequeno riacho,algumas ávores frutíferas.Mas na mesma paisagem também há um pedaço da grama queimado, uma quantidade enorme de lixo concentrada na margem do rio e também um cantinho mais escuro no céu,anunciando a chegada de uma chuva pesada.
Se vc é um fotógrafo que está em busca de um belo registro,quais partes dessa paisagem vc tentaria enfocar?
Parece óbvio que todos gostariam de captar o que já de mais bonito nessa vista,não é mesmo? Mas nem sempre é assim...
Se transportarmos esse exemplo para a vida real,percebemos q a maioria das pessoas opta por "enquadrar" apenas as coisas ruins e feias q se apresentam diante delas.E na maioria das vezes, fazem isso, sem perceber.Já estão acostumadas a ver só a pior parte das coisas que o olhar delas é direcionado pra isso quase que automáticamente.
Bem,o grande problema disso tudo é o seguinte:a forma como vemos e interpretamos o que está diante de nós funciona como uma foto revelada-fica como registro.Um registro que revela o que pensamos sobre a vida.Um registro feio e triste nos faz sofrer em demasia,gerando reclamações e lamentos sobre o que vemos.E pior:é atravéz desse registro que nos organizamos internamente,atuando no presente e fazendo planos para o futuro.E como podemos esperar acontecimentos melhores se só conseguimos enxergar o lado negativo do que se apresenta?
Entendeu a armadilha que preparamos pra nós mesmos?

E sabe, gente,o mais incrível é perceber tudo de maravilhoso que começa a acontecer a partir de uma mudança de olhar.Quer tentar?Basta empurrar a cãmera um pouquinho mais pra direita ou pra esquerda.Tente se abaixar levemente, ou espichar o pescoço.Vamos,experimente!E se surpreenda com os sentimentos de alegria e entusiasmo que começam a brotar quando optamos por enfocar o que há de bom a nossa frente.Voltando às duas amigas,lá do início da história,se elas estivessem usando as lentes certas,com certeza,não estariam criticando alguém,mas usando o tempo que tinham, com algo produtivo.

E vc, qual paisagem da vida prefere enquadrar?Através de quais lentes quer enxergar a vida? Pense nisso.E boa sorte!

Monday, June 06, 2011

Não importa que gostem de você,
mas que você goste dos outros

Relacionamento é sempre uma grande questão pra todos nós,né?Independente de estarmos nos relacionando com alguém ou não.Uma das coisas que eu observei, e vou relatar aqui, é que,em geral, quando não se vai bem no relacionamento afetivo, geralmente, os outros relacionamentos( sociais,familiares) amigos, parentes etc... Também não vão tão bem.Porque óbviamente,com uma pequena diferença ( sexual) vem a ser a mesma coisa!Trata-se de saber lidar com as pessoas.

Com a proximidade do dia dos namorados, eu resolvi passar aqui algumas experiências pessoais, que eu espero que ajudem as pessoas a conseguirem um relacionamento, ou melhorarem o seu se já tiverem:

*Faça todo dia ser especial
independente de ter alguém, ou não...faça coisas legais,diferentes...vá a locais diferentes,com um visual legal,(no qual vc esteja se sentindo bem,ignorando a opnião alheia)SAIA DA ROTINA!
Se já tem um parceiro(a), evite ao máximo brigas...aproveite os momentos que tiverem juntos.Mas sem engolir sapos.Diga pro outro ( da maneira mais suave possível) o que o incomoda no comportamento dele(a) e diga que quer ouvir as razões dele(a) quer entendê-lo(a)
e quer ficar bem

*Aceite as pessoas,todas elas têm coisas boas pra te oferecer
Se você está só,pare pra pensar e veja se você não está dispensando ninguém! Talvez esteja sendo rejeitado(a), mas certamente,também está rejeitando,ou já rejeitou alguém ( não necessariamente com um " fora" mas simplesmente,alguém te quer, e vc não quer a pessoa)
Talvez a pessoa que te quer, não seja o que você espera.E a pessoa que você quer,não está nem aí,ou não te conhece etc...nesse caso ESQUEÇA...o universo é sábio! Essa pessoa não é boa pra você, pelo menos agora,qdo for ela vai querer.
Tente gostar de quem gosta de você.Isso em si,já é uma qualidade; a pessoa gosta de vc!!!E certamente, esse alguém tem outras que você ainda não observou.

Se você está com alguém,procure sempre buscar as coisas boas que te unem a essa pessoa.Pense nos momentos legais...e esqueça os "defeitos" da pessoa.Pense nas qualidades que o (a) atraiu,e busque-as todos os dias...Elogie;( verbal e mentalmente)

*cuide de você,a vida não é só namoro,casamento etc...
Isso serve pra quem está só, e pra quem tem alguém.
Se você tá sozinho, talvez seja uma boa hora pra se dedicar a seus assuntos profissionais,fazer economia etc...
Se você tem alguém, mais do que nunca, precisa de grana pra sair, pra dar presentes etc...
Portanto, qualquer que seja a sua situação.CUIDE DO SEU TRABALHO,DINHEIRO, CUIDE DA SUA SAÚDE...SEJA SEU MELHOR AMIGO(A),NAMORADO(A)
não se sacrifique, nem se torture por causa de ninguém.Ninguém dará valor. Faça o que tiver vontade.E muito cuidado pra não abandonar seus projetos pessoais,em função do relacionamento

Wednesday, June 01, 2011

Luara analisa o texto de Joana D'Angelis ( Resguarda-te em Paz)psicografia de Divaldo Franco

Joana:
Não te permeies com os fluidos deletérios, ingratos e perniciosos que vivem contigo, e te buscam perturbar.

Luara:
Ela tá falando pra gente não se deixar bloquear nem influênciar por fluidos(energias de pessoas encarnadas ou desencarnadas; muita gente que pode estar lendo agora, pode não acreditar no que a mtos não conseguem ver,no que é menos material, menos denso;mas que existe, existe.As pessoas encarnadas mesmo, também possuem suas energias e nos influenciam positiva ou negativamente )
Então, que não nos deixemos empregnar por queixas,que mtas vezes, nós mesmos reclamamos de quem reclama muito :D
As pessoas reclamam mesmo, e não é novidade pra ninguém... Todo mundo (nesse planeta)reclama todos nós...então ninguém pode falar de ninguémMas a questão é que ,quando a gente tá na positividade,a gente precisa buscar não se deixar influenciar porisso.Não deixar q essas coisas "quebrem" o nosso estado. E sim, fazer o contrário,INFLUENCIAR ESSAS PESSOAS de alguma maneira !Que nem sempre é falando...(isso acontece mto comigo;a pessoa começa reclamando,e aí eu rebato;tipo:"poxa, vc vive criticando, reclamando..." quando na verdade o que é que estou fazendo? nada mais é do que reclamar,não é?)Então a gente acaba entrando na mesma vibração que a pessoa.

Joana
Tem-nos na conta em que se encontram e exercita a paciência para com eles
Luara:
As vezes a gente não tolera as pessoas estarem numa negatividade, numa coisa que a gente não está sintonizado, qdo está buscando um caminho de espiritulidade e luz.
E a gente entra numa de se envaidecer, se sentir superior,mais espiritualizados e evoluídos que outros etc...e acabamos abaixando nossa vibração de novo.
A pessoa vem com aquela vibração, de maneira inconsciente, que muitas vezes é fruto do próprio meio...e aquilo vem pra nós como um teste mesmo.Pra exercitarmos nossa tolerância,paciência...e nós reagimos com agressividade,ou com arrogância, nos sentindo superiores,querendo dar lição de moral.quando na verdade,nós estamos na mesma situação, e não é à toa que aquelas pessoas estão próximas de nós ( pela lei da afinidade)
Joana:
Não te aflijas,face às acusações insensatas e despeitadas que outros te fazem,ante a impossibilidade de alcançarem e caminharem ao teu lado.
Luara:
As vezes as pessoas não aceitam, não estão naquele momento...E as vezes a gente trás um ensinamento;alguma coisa que a gente aprendeu,com a maior boa intenção de ajudar, de ser amigo...de compartilhar o que aprendeu,e as vezes as pessoas reagem com mta agressividade porque vc tá tocando numa parte mto delicada, inconsciente daquela pessoa, e isso é mal recebido.Então as pessoas te acusam...vc não tem a resposta esperada.Tua intenção é boa, mas vc não está sabendo fazer aquilo chegar de maneira eficaz!Não está tendo aquela sabedoria de falar do jeito certo...no momento certo.Quando a gente faz as coisas "erradas" obtém os resultados "errados".Aí a gente já começa a desistir das nossas ideologias,ou começa a entrar na raiva,na impaciência da pessoa,ou a gente resolve tirar aquela pessoa da nossa vida ( isso acontece comigo...poxa vida...direto!)querer excluir as pessoas da minha vida.. e não é por aí...se for assim, você vai se isolar do mundo,e a idéia não é essa!A idéia é que possamos espalhar as vibrações positivas, estamos aqui pra doar uns aos outros,como Jesus ensinou;doar nossa paciência!Se vc conseguiu aprender alguma coisa, na tua caminhada, vc tem mais é que compartilhar, e se isso não está sendo bem recebido, e vc tem certeza que aquilo ali é a verdade do teu espírito,vc precisa aprimorar-se na paciência,na tolerância e perseverança!Pensar em formas diferentes de levar aquele conhecimento,aquela mensagem pros teus irmãos.Sem abandonar nem desistir...senão vc fica girando em círculos a vida toda e não consegue trazer evolução pra ninguém e nem pra vc mesmo.Porque começa com a gente, primeiro a gente se trabalha, se melhora,e depois a gente melhora os nossos irmãos, o mundo em que vivemos
Joana:
A tua vitória,não pode ser perturbada pelas insignificâncias do caminho.
Luara:
Você precisa perseverar! As pessoas vão reagir violentamente contra vc...Tudo o que vc fizer,se vc tem um objetivo na vida,uma carreira, um relacionamento,as coisas vão aparecer...as dificuldades...isso é natural!Mas aí vc precisa encarar aquilo, como aprimoramento,como a construção daquela meta,sem abrir mão da tua vitória, dos teus objetivos, por uma bobagem...Seja o objetivo de viver num ambiente, num planeta melhor,numa casa melhor, numa família melhor, ou de ter uma vida financeira mais próspera...Qualquer que seja a área, vc precisa ter em mente o teu objetivo,e saber que as coisas não vão ser como vc quer,e que tudo está acontecendo dentro da perfeição,dentro do que precisa ser!
Mas vc precisa encarar o que é diferente do que vc espera,os percalços do caminho,encarar " de boa"encarar com naturalidade!
Joana:
Não revides às agressões mentais, com que investem contra você
Luara:
É a história das energias,né? As vezes a pessoa não fala,mas tú já sente aquela vybe pesada...que o pessoal chama de olho gordo!A inveja...que nada mais é do que;a pessoa que sente inveja, acha q o que outro tem,era pra ser dela,ela se sente inferior à aquela outra pessoa: " ah...aquela fulana tem, e eu não tenho!" e acha q aquilo ali era pra ela, pq ela não está fazendo as coisas da maneira q era pra ela fazer pra conseguir!Porque pra tudo, a gente precisa estar preparado!Ter condições pra obter determinadas coisas.Tudo tem um processo, uma lógica!Se vc não está dentro da lógica, vc não vai chegar no objetivo que vc quer.E todos nós temos um pouco disso! E qdo a gente não consegue alcançar nossas metas, e a gente vê alguém q está conquistando tudo aquilo que vc quer,dói muito! Mas aquela pessoa entendeu a lógica antes de vc!E aí vc fica numa de:"Porra...fulano(a) conseguiu isso, e eu não consegui,então eu sou pior do que ele..." NÃO!!!!
Vc é igual à ele,a tua diferença é que,esse cara,essa pessoa, conseguiu descobrir o processo,a lógica, primeiro que vc e entrou!Então basta vc entrar também,naquela lógica, que vc vai conseguir!De repente, vc pode aprender com aquela pessoa!Pode colar com aquela pessoa, pra aprender.Mas não, achar q aquela pessoa é melhor do que vc...até porquê com certeza, vc tem processos na tua vida, coisas que vc conquistou, que aquela pessoa não conquistou!Vc descobriu procedimentos, lógicas de alcance de metas,que ela não conseguiu!
Muito comum ver isso.Por exemplo, uma pessoa mto bem sucedida financeiramente,mas afetivamente ela é problemática.Aí de repente aquela outra pessoa,já tem um problema com a vida financeira, mas a vida amorosa,a vida familiar dela vai super bem...ela não tem tanta grana assim,mas tem uma vida afetiva muito legal, muito boa!Então,ela começa a invejar aquela pessoa que tem grana:
"Pow...fulano tem tanto dinheiro...não sei o quê..."Mas ela não sabe o que a outra pessoa vive na outra área.
Então, a gente tá aqui, justamente pra um ajudar o outro.Um trocar com o outro.
"Olha eu sei como é que funciona essa coisa de ficar legal com a grana,bem com a vida financeira,mas essa parte de lidar com as pessoas, já é complicado pra mim..."
"Ah...comigo é o contrário, já essa parte de lidar com a família,com relacionamentos, então a gente faz o seguinte, vc me passa o segredo do sucesso financeiro, que eu te passo o segredo do sucesso afetivo..."
E assim a gente vai melhorando...Porque o caminho deve ser esse;de troca.De auxílio.
Porque a gente quer tudo,né? A gente quer 100%! A gente não aceita que um lado vá bem e outro não.E realmente,é bom q sejamos assim.Não tem cabimento, a gente estar com uma vida financeira mto bem sucedida,se vc não tem uma vida social, uma vida social boa...não faz sentido!
" Ah mas também se vc tem grana,fica mto mais fácil ter uma vida social melhor"
Isso é mto relativo,porque tem pessoas que não conseguem ter nem confiança,são tão bem sucedidas financeiramente, q não têm confiança de q aquelas amizades são genuínas,verdadeiras,com interesse só na amizade, sem interesse material por trás...
e tem pessoas pobres, q tem relações muito boas,verdadeiras, e ricos com amizades verdadeiras, e gente pobre que tem amizades interesseiras,relacionamentos interesseiros também! Então, tem de tudo no mundo!
Joana:
Permanece em calma, e amortece o dardo que disparam contra você, fazendo-o desagregar-se ao atingir o algodão da tua sensibilidade
Isso é mto legal!!! Quando a pessoa traz alguma coisa,(uma agressão, um xingamento...ou um comentário infeliz, ou uma reação de mágoa...)é sentir, o que estar por trás disso.É sentir, porque essa pessoa está com essa postura com vc!Que na maioria das vezes não é pessoalTudo o que as pessoas sentem por nós, tem haver com elas, não com a gente!O que elas pensam de nós, tem haver com elas, não com a gente.Isso é mto importante saber, pra construção do novo mundo.O que as pessoas reagem agressivamente, tem mto haver com elas.
Já aconteceu mto comigo,eu era uma pessoa que lidava mto mal com críticas...qualquer comentário que alguém fizesse sobre alguma coisa q não ia tão bem na minha vida...eu reagia com mta agressividade( eu acho q até hoje eu sou um pouco assim ainda,tô trabalhando isso)reagia mto mal, ficava magoada etc...Mas por quê? Porque de alguma maneira eu acreditva naquilo,concordava com a pessoa.Mas eu não sabia como mudar aquilo, não tinha consciência...Mas aí eu ficava puta,da pessoa falar...eu achava q ninguém tinha q falar, ninguém tinha nada com isso..." isso é problema meu..." Eu achava q a pessoa estava errada, colocava a culpa em quem estava falando, não tinha consciência...Eu achava que todo mundo estava contra mim, que a pessoa estava contra mim.Queria q a pessoa me compreendesse, só q eu não via, que eu mesma, não me compreendia...Aí qdo eu comecei a estudar, a ouvir palestras...aí eu comecei a entender, q era eu.Tudo era eu!!!O que as pessoas traziam pra mim, era tudo eu!Tudo o que eu pensava.Se tava me afetando tanto, era porque eu concordava com aquilo.Quando alguém fala alguma coisa, que vc não acredita ( e eu vi isso na prática) vc "caga e anda".Tipo; Alguém vem falar:
" ah...vc é feia "
" Pow...mas eu não me acho feia...então vou levar na esportiva...eu sei que não é verdade!"
Agora, qdo alguém vem falar alguma coisa que vc sabe que é verdade, ou q vc pensa q é verdade,aí...aquilo te afeta mto!É um dedo na ferida!
JOANA:
Não reeinvindiques compreensão nunca!Quem alcança as alturas,vê melhor.E tem o dever de desculpar aqueles que ainda estão no vale de sombras.
Luara:
Então se vc não está sabendo perdoar, ( a pessoa, que não está certa, em ficar te apontando, criticando...ou fazendo o que quer que seja mas se vc ficar condenando, sendo acusador daquela pessoa,vc está sendo igual à ela)
está numa sintonia umbralina,de baixa vibração...vc não está na positividade.Se vc está na evolução, vc entende aquilo ali;
"Isso é assim mesmo...já passei porisso!Já fui assim também( até bem pouco tempo atrás) mas agora eu tô em outra Daqui a pouco a pessoa vai sacar,que não é por aí..."
Aí sim...aí vc tá elevadoe acaba elevando aquela pessoa!
Porque ela sente a tua vibração.Vc lança esse pensamento na cabeça: