anunciar prosperarte

Corte---------------------------------------------------------R$15 Escova e Prancha----------------------------------------R$20 Hidratação Keratase a partir de----------------------R$15 Luzes,mecha,balayagem a partir de----------------R$40 sombrancelha pinça-------------------------------------R$7 sombrancelha henna------------------------------------R$15 limpeza de pele-------------------------------------------R$30 Mega hair a partir de------------------------------------R$130 Progressiva------------------------------------------------R$60 Rua Piquiri,309,Brás de Pina-próx.Fundação Leão XIII,Rio de Janeiro,RJ tel:3564 03 15 81254010 anuncie aqui: 21 7680 7170

Wednesday, July 27, 2011

QUESTIONE-SE!
Por Quito e Paulo Pio
Julgamos ter as respostas definitivas para todas as questões do universo,fechando-nos em nosso próprio mundinho...


Tudo na natureza vive em constante movimento e mutação.A evolução das formas e dos seres é intrincada e complexa. Nossa realidade e a maneira com que enxergamos as coisas mudam a cada nova descoberta,a cada novo conhecimento adquirido,a cada horizonte desbravado pela nossa inteligência.Vivemos com "certeza" em um mundo de "incertezas".Onde nada é certo,nada é errado,tudo é relativo.No entanto,às vezes julgamos ter as respostas definitivas para todas as questões do universo.Fechamo-nos em nossos julgamentos e decidimos revogar a lei do progresso,uma lei de Deus.Em nosso orgulho,julgamo-nos infalíveis e senhores das verdades eternas.
Chico Xavier disse,certa vez:"Os espíritos que se julgam donos da verdade,as vezes ,permanecem nessa fixação mental por muitos séculos...Não há violência;o despertar espiritual não acontece por nenhuma espécie de constrangimento."
Neste profundo e misterioso universo,uma infinita e pequeníssima "partícula de poeira cósmica" está em direção do desconhecido.Dentro dela,neste momento,viajam entre 5 e 6 bilhões de seres humanos.Quito Formiga,Paulo Pio e você fazemos parte desses passageiros que nasceram durante a viagem do planeta;viagem que começou há cerca de 5 bilhões de anos e que ninguém sabe quanto tempo vai durar e nem onde vai dar.
Aqui,nesse "planetinha",não dominamos os ventos,não dominamos as chuvas,não dominamos as condições climáticas,nem as enchentes,não conhecemos todas as possibilidades do solo,sabemos muito pouco o que há no profundo dos mares e ainda não podemos prever o que acontecerá com as devastações florestais e explosões atômicas até agora acontecidas no planeta...Neste pequeno espaço de 12.757 Km de diâmetro há uma longa história vivida por mais de 100 bilhões de seres humanos que se calcula,já respiraram desses ares deste planeta,e já experimentaram a aventura de viver.Estão todos "mortos"!
sobramos nós,que não somos nem 6 bilhões e que dentro de 80 anos,estaremos também quase todos mortos...

Você está no caminho certo rumo à sua evolução?Quais são os seus objetivos na vida? Como você define a felicidade na sua vida?
Diante de verdades tão "absolutas",de dados tão incomensuráveis,diante de tão poucas certezas e de insondáveis dúvidas,só nos resta reconhecer bondade e perfeição infinita da inteligência suprema e causa primária de todas as coisas e questionar constantemente,nossos valores e atitudes mantendo sempre a mente aberta para as mudanças...

Texto de Quito Formiga (vereador pela cidade de São Paulo)

retirado da revista cristã de espiritismo

Wednesday, July 20, 2011

Comunicação, prosperidade e espiritualidade
(Audio de Marcelo Cotrim)




video

Friday, July 15, 2011


video


Walter Sandro motiva você ( sobre relacionamentos) no poder do arcanjo Miguel

Tuesday, July 12, 2011


video


Audio Cristina Cairo falando sobre a formação das doenças,corpos etéricos e foto Kirlian

Sunday, July 10, 2011

Para melhorar o AUTOCONTROLE

*Procure saber riscos e consequências negativas de longo prazo do comportamento indesejável(fumar,manter-se sedentário,comer alimentos gordurosos etc...)

*Aumente seu comprometimento falando sobre suas metas aos seus amigos,por exemplo;as palavras tornam os pensamentos mais "concretos" ( desde que sejam metas de disciplina,nas quais as pessoas podem ajudá-lo a se lembrar e cumprí-las,não de objetivos materiais.neste caso,diga apenas para si mesmo mentalmente,até que a meta seja construída completamente)

*Transforme objetivos abstratos abrangentes em passos intermediários (por exemplo,se quer perder 5 kg proponha-se a eliminar 1 nos próximos dez dias,por exemplo)

*Reconheça e comemore sucessos,ainda que parciais

*Formule resoluções do tipo:" se isso acontecer então faço tal coisa"para se protefer de situações críticas.

*Mude impulsos aprendendo a associar a mera visão de tentações a estímulos negativos.

*Identifique situações que imponham risco e quando se sentir mais vulnerável,evite-as.

*Planeje pausas e períodos de relaxamento para evitar o esgotamento dos recursos mentais.

(da revista Mente & cérebro ano XVIII n°222

Friday, July 08, 2011

Autocontrole pra fazer boas escolhas

caipirinha,refrigerante ou água?Uma fatia de abacaxi ou banana split?
Comprar sem necessidade ou guardar?
Dois sistemas de processamento de informação lutam no cérebro:o impulso de recompensa imediata e a razão,que persegue objetivos de longo prazo.Entender como decidimos ajuda a controlar esses mecanismos e empenhar força de vontade para atingir metas.

Sigmund Freud acreditava que comportamentos em geral resultavam de conflitos internos.Tomando por base essa idéia,pesquisadores começaram a a atribuir o autocontrole(ou à sua falta) o resultado de uma batalha entre impulsos e capacidade de reflexão.Esses modelos duais são bastante diretos,por exemplo,associamos lanchonete a coxinha,ou feira a pastel.Esse aspecto do "eu" esquadrinha o ambiente pra obter estímulos muito agradáveis.A força dos desejos varia de pessoa pra pessoa e de uma situação para outra.Traços de personalidade (gostar de correr riscos,por exemplo) necessidades momentâneas(estar ou não com fome),experiências prévias(seus pais lhe ofereciam chocolate como recompensa?)influenciam a intensidade dos impulsos.Por outro lado o pensamento reflexivo leva ao raciocínio e ao planejamento que entram em cena toda vez que alguém estabelece uma meta a longo prazo,como perder peso,por exemplo.
Comparada ao impulso,a reflexão implica grande consumo de tempo e memória,mas fornece uma boa medida do controle que temos de nossas ações.A imagem clássica de um anjinho cochichando em um ouvido e um diabinho cochichando no outro se aplica muito bem ao que os pesquisadores descobriram:os 2 sistemas competem pelo controle de nossa resposta a alguma demanda.o "vencedor" é o que for mais ativado.Como é mais fácil ignorar um impulso fraco que um forte ( tente ir ao supermercado com fome,certamente colocará no carrinho alimentos dos quais talvez nem goste muito)Também é mais fácil comprometer o sistema racional se se ele reconhcer claramente comportamentos indesejáveis.Sua potencialidade depende,entre outros fatores,do comprometimento das pessoas,isto é,se elas se identificam fortemente com o seus objetivos a longo prazo e se essas metas são mantidas na memória de trabalho( formada por informações armazenadas para completar propósitos mais imediatos).
Pesquisas feitas com crianças americanas,na década de 70,mostram que são capazes de resistir a pequenas recompensas imediatas (como um doce por exemplo)em troca de outra maior mais tarde.Entre outras coisas eles descobriram que as crianças estavam mais aptas a retardar a premiação,isto é, desistir da recompensa menor e esperarpor outra melhor quando a guloseima estava escondida.Manter o doce fora do contato visual era suficiente para refrear os impulsos dos estudantes.Mas o autocontrole nem sempre é fácil como neste caso.Esforço mental,estresse e efeitos do alcool podem diminuir a capacidade de adultos resistirem a uma tentação.



(por Wihelm Holfmann e Malte Friese revista Mente & cérebro ano XVIII n°222)

Wednesday, July 06, 2011

Dieta e personalidade


características pessoais interferem na hora de emagrecer;otimismo e confiança em excesso podem prejudicar a luta contra a balança


(editorial da revista mente e cérebro)







Uma das coisas que a prática clínica nos ensina-e também a experiência,para os mais atentos-é que raramente há algo bom ou ruim em essência.


Quase tudo depende do contextoe das circunstâncias.Do mesmo jeito que um ataque de raiva pode ser libertador e estabelecer limites,uma carícia será agressiva se for invasiva não consensual.Quando se tratar de eliminar alguns quilos e obter um estilo de vida mais saudável,um pouco de culpa(que em outras situações seria um tormento)costuma ajudar a evitar deslizes como burlar regras do regime e fugir dos exercícios físicos.Com a obesidade aumentando em todo o planeta e tornando-se um problema de saúde pública,vários pesquizadores têm buscado entender em nossas crenças e a forma de nos relacionar com as pessoas ,com o nosso corpo e nossos desejos influem na maneira como nos alimentamos.O psiquiatra Robert Cloninger,da universidade de Washington,é categórico:a personalidade é o mais forte-e constantemente desprezado-fator de previsão de sucesso na perda de peso.


Às vezes,atitudes que parecem positivas estão,na verdade,a serviço de mecanismos de autosabotagem.Em um estudo desenvolvido na universidade Doshisha,no Japão,por exemplo,cientistas examinaram características psicológicas de 101 pacientes obesos participantes de um programa de emagrecimento e descobriram que os voluntários de pontuação alta em otimismo tinham menor probabilidade de eliminar os quilos indesejados.O motivo?


Em excesso,a "síndrome de Poliana" pode levar a pessoa a subeestimar os riscos de desenvolver doenças e fazer com que pense que com certeza ficará bem,independentemente de seu comportamento.A psicóloga Hitomi Saito,coordenadora da pesquisa,acredita que o otimismo funciona como negação da realidade,contribuindo para boicotar bons propósitos.Segundo ela,a atitude pode ser uma de rebeldia nem sempre consciente.


A capacidade de fazer boas escolhas também é fundamental para o sucesso da dieta.


Dispomos de dois sistemas de processamento de informação que disputam o controle de nossas respostas à tentação:o impulso de recompensa imediata ( que visa apenas a satisfação do prazer) e a razão ,que persegue objetivos de longo prazo.No fundo,o que queremos mesmo é obter prazer:seja o de ter um corpo mais ágil e saudável ou da alegria de nos deliciar com uma